SOBRE MIM

Sou gaúcha de Porto Alegre e moro no Rio desde 2011. Mãe da Violeta, gosto de ler sobre astrologia, sobre plantio em sistemas agroflorestais, sobre cultivo e cultura do café e de estudar texturas em aquarela.

Tenho graduação em Comunicação Social (PUC-RS), mestrado e doutorado em Antropologia social (PPGAS/UFRGS).

Pesquisei sobre o papel da cultura material na produção de família, parentesco e moradia entre mulheres de camadas médias na cidade de Porto Alegre a partir da perspectiva da memória, das narrativas biográficas e dos estudos sobre cidade.

No doutorado pesquisei sobre as práticas governamentais de remoção de moradias em cidades que foram sede da Copa do Mundo 2014 e a produção de formas de resistir entre os grupos, entidades, militantes e movimentos sociais que se articularam nesse período.

Tenho interesse na temática da ruína, da memória como forma de resistência, nos processos de formação dos movimentos sociais, trajetórias de militância, nas formas de ocupação do espaço urbano, produção de moradia, conflito e crise na vida metropolitana.

Tenho contribuído ao longo de minha trajetória ao campo da antropologia visual, tanto na formação de estudantes como na produção de vídeos e fotografias etnográficas.

Atuei como pesquisadora e educadora na ONG FASE (RJ e ES) onde desenvolvi o tema das cartografias sociais em uma discussão sobre violência institucional, mulheres e desenvolvimento urbano.

Realizo estágio pós-doutoral através do PNPD/CAPES (PPGAS/MN-UFRJ) onde desenvolvo pesquisa no campo da antropologia dos processos de formação do Estado, tendo como objeto os artefatos documentais e a burocracia, buscando refletir sobre o rumor, vulnerabilidade, moradia e gênero.

Sou pesquisadora associada ao LACED - Laboratório de Pesquisas em Etnicidade, Cultura e Desenvolvimento - vinculado ao Setor de Etnologia e Etnografia do Departamento de Antropologia do Museu Nacional/UFRJ e pesquisdora associada do NuSex - Núcleo de Estudos em Corpos, Gêneros e Sexualidades - vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social do Museu Nacional/UFRJ.

© 2020 anelise gutterres.